Você certamente já ouviu falar sobre a previdência privada, inclusive o gerente da sua conta já deve ter falado para investir. Muitos economistas falam que esse é um péssimo investimento, mas não dá para ser radical assim quando o assunto é dinheiro. Tudo depende da sua necessidade, a da sua família e dos seus planos para o futuro.

Há, de fato, muitas previdências privadas que não valem a pena o investimento, mas existem sim bons negócios que você pode fazer. 

Vamos agora entender melhor sobre o assunto e saber se vale a pena ou não investir ou quando investir é uma boa opção. Confira!

O que é previdência privada?

Também chamada de previdência complementar, a previdência privada é um tipo de investimento de longo prazo. Ela não precisa ser utilizada apenas para ajudar na sua aposentadoria. Muita gente utiliza para, por exemplo, a faculdade dos filhos. Com ela, você pode escolher em retirar todo o montante de uma única vez após o período de carência ou pode receber uma renda vitalícia.

Parece um ótimo negócio, mas por que muitas pessoas não investem em uma previdência privada e por que os economistas passam a ideia de que isso é algo ruim? Vamos entender.

Qual é o rendimento da sua previdência?

A grande questão está justamente no rendimento que a previdência privada daquela instituição oferece. Digamos que o rendimento dela é de acordo com o CDI, mas está rendendo bem abaixo de 100% dessa taxa. Esse é um negócio que realmente não vale a pena, você está literalmente perdendo dinheiro. 

Portanto, o mais importante é fazer uma análise da rentabilidade do seu investimento. Quer ter uma aposentadoria mais tranquila ou economizar para um sonho no futuro? Uma boa opção, por exemplo, é o Tesouro IPCA.

Como fazer a escolha certa?

Bom, a melhor maneira de resolver esse conflito é fazendo comparações. Isso pode ser realizado por meio de um simulador de Juros Compostos que você pode encontrar no site Clube dos Poupadores. Vamos a um exemplo:

  • Valor inicial: R$ 1.000;

  • Valor mensal: R$ 500;

  • Taxa de Juros: 0,38 (exemplo de taxa de uma previdência privada real);

  • Período em: 30 anos.

Você verá que o resultado será de R$ 181 mil investidos ao longo dos anos e um rendimento de quase R$ 207 totalizando um montante de quase R$ 388 mil.

Agora, fazendo uma simulação com uma taxa do CDI que renderia cerca de 0,5%am. Em 30 anos, com o mesmo valor investido, o rendimento total seria pouco mais de R$ 327 mil, totalizando um montante final de R$ 508.280,10. Isso significa que fazer o investimento errado pode custar uma perda de R$ 121 mil reais.

Por isso, se você já tem um plano de previdência privada, é preciso fazer uma análise e talvez até, migrar para outra previdência que esteja rendendo mais. O Banco BTG Pactual possui excelentes opções de previdência privada com rendimentos acima do CDI. Se não, analise bem se o investimento vale a pena, e confira outras possibilidades para fazer o seu dinheiro trabalhar por você. 

Veja algumas opções de investimento seguras que o Tesouro Direto pode oferecer!