A reforma da previdência é um dos assuntos mais discutidos do momento. Muita gente pensando em como vai se aposentar, já que aparentemente, será cada vez mais difícil ter uma aposentadoria decente e suficiente para prover os gastos comuns desse momento da vida que não são poucos. A reforma é algo que preocupa a maioria da população brasileira.

Mas, o que isso tem a ver com o Tesouro Direito? De que maneira isso interfere nos seus investimentos? Sabia que esse cenário que, pode ser caótico para muitos, pode trazer diversos benefícios para quem investe em títulos do tesouro? Descubra como!

Se você é completamente leigo e não entende nada sobre Tesouro Direto, antes de continuar, assista à playlist que preparei sobre o assunto.

Taxa Selic e reforma da previdência

A Taxa Selic é a taxa de juros básica da economia e praticamente tudo se baseia por meio dela e com o Tesouro Direto não é diferente. Atualmente, a taxa está em 6,5% e é bem provável que essa taxa caia caso a reforma seja aprovada. Por sua vez, isso significa que os títulos do tesouro ficarão mais baratos, sendo um ótimo momento para a venda já que, provavelmente, muitas pessoas vão estar dispostas a comprar. Os títulos do Tesouro Direto, por sua vez, ficarão mais valorizados por conta da oferta e demanda.

E se a reforma não for aprovada?

Acontece um cenário totalmente oposto ao que acabamos de descrever, ou seja, teremos um aumento da Taxa Selic, tornando os títulos mais caros para a compra. Por sua vez, poucas pessoas vão querer comprar e haverá uma desvalorização desses títulos.

Vou explicar com um exemplo para ficar mais fácil de entender. O Tesouro IPCA 2035 está, neste momento, sendo ofertado com uma taxa de 4,46% ao ano. Caso a reforma seja aprovada, essa taxa tende a cair. As pessoas passarão a procurar por esse título com maior intensidade e isso gera a valorização.

A ideia é a mesma de um produto que, normalmente, é “caro” e fica mais barato. O que acontece? As pessoas enchem as lojas atrás dele para comprar logo antes que o valor aumente.

Quer vender os seus títulos?

Esse provável cenário é uma grande oportunidade para conseguir lucrar com a venda dos títulos e sair com muito mais dinheiro do que você investiu. Mas tenha cuidado, antes de sair vendendo todos os seus títulos analise o cenário. Por exemplo, digamos que você comprou o seu tesouro IPCA com uma taxa de 8% e agora pode vendê-lo e conseguir bons lucros já que o seu título está valorizado e os outros títulos estão com uma taxa de rendimento bem menor.

Mas será que você vai conseguir outro título para você investir com uma taxa tão boa? O lucro obtido com a venda é maior do que o rendimento que teria com o título na data de vencimento? Portanto, muito cuidado antes de vender o seu título para não fazer um péssimo negócio.

E vocês? Acham que a reforma da previdência vai ser aprovada? Comentem abaixo as opiniões e como isso afetará a aposentadoria de vocês!