O cartão de crédito do Nubank é um dos mais cobiçados. Estamos falando de uma instituição financeira que começou em 2013 com o objetivo de oferecer uma experiência mais transparente e eficiente com o dinheiro. Mas, para fazer parte e ter um cartão dessa startup, é preciso passar pela análise de crédito do Nubank.

Quer saber mais sobre esse cartão e descobrir como consegui-lo? Então continue a leitura desse post!

Como funciona a análise de crédito do Nubank?

Qualquer empresa, antes de conceder um cartão de crédito, realiza uma análise sobre o seu histórico. O motivo para isso é simples: ninguém quer oferecer crédito sem ter a mínima certeza de que terá o dinheiro de volta, ou seja, que você pagará a fatura do cartão.

Além dessa análise comum a qualquer instituição financeira, o Nubank também possui filtros próprios, ou seja, uma maneira específica de fazer a análise. Por exemplo, caso você seja indicado por um amigo que tenha um bom histórico dentro da empresa já conta como um ponto a favor, mas esse é apenas um dos fatores.

A resposta da instituição costuma ser rápida. Quando há um histórico ruim, eles reprovam rapidamente e o contrário também é verdadeiro. A maior demora está naqueles consumidores que se encontram na faixa intermediária, ou seja, que possuem algumas falhas no histórico, mas de uma forma geral está em dia.

Por que não fui aprovado pelo Nubank?

Agora que você já sabe como é feita essa análise de crédito, fica mais claro entender porque você ainda não foi aprovado. Por exemplo, se está com o nome restrito, o famoso “nome sujo” em bancos de dados como SPC, Serasa e Sisbacen (local onde se encontram todas as informações de correntistas e todas as transações bancárias realizadas por eles) será praticamente impossível conseguir a aprovação no cartão Nubank.

Diversos pontos são avaliados, por exemplo, se você já atrasou a fatura, se já pagou o valor mínimo alguma vez, se tem empréstimo em seu nome, se o pagamento das parcelas desse empréstimo está sendo paga em dia, entre outras variáveis.

Fique de olho também no seu Serasa Score, um tipo de pontuação que o indivíduo tem de acordo com o seu histórico financeiro. O Serasa Score é uma pontuação que vai de 0 a 1000, e indica qual a probabilidade de um grupo de pessoas que tem comportamento semelhante pagarem ou não suas contas em dia.

Por exemplo:

  • pontuações de 0 a 300 significa que a pessoa tem um alto risco de não pagar as contas dentro do prazo;

  • de 301 a 700, o risco disso acontecer é considerado médio;

  • de 701 a 1000 significa que o risco de inadimplência é baixo.

Porém, há algumas pessoas que nunca tiveram o “nome sujo” e mesmo assim não são aprovadas.O que acontece nesses casos? Também pode ser o Score baixo. Por mais que você nunca tenha entrado para o cadastro de inadimplentes, o seu Score diminui quando você paga uma conta atrasada, solicita cartões de crédito ou tenta algum tipo de empréstimo. Se você não possui movimentação bancária é provável que o seu score também seja baixo.

Sim, o Nubank permite uma nova tentativa após 6 meses. É importante esperar o tempo estabelecido pelo Nubank para tentar novamente, pois nesse período o seu score pode aumentar ajudando assim, na aprovação do cartão.

O Nubank oferece inúmeras vantagens como não cobrar anuidade, controlar todos os seus gastos por meio do aplicativo, interface bem moderna e tecnológica. É possível bloquear o cartão pelo celular, ver suas faturas, gerar o boleto para pagamento e falar com o atendimento. Vale lembrar que o Nubank também disponibilizou o programa de pontos Nubank Rewards e a Nuconta (em outro post falaremos sobre essas funcionalidades).

Conhece pessoas que também estão com esse problema? Então compartilhe esse post nas redes sociais e ajude-as!