Para saber investir bem e ter sucesso nisso você precisa pensar como um investidor. Se os seus investimentos não estão tendo o retorno esperado é porque você está tendo comportamentos destrutivos nesse aspecto.

E a melhor coisa para resolver o problema é identificar quais são esses comportamentos. Por isso, vou citar abaixo os 7 piores. Confira!

Os principais comportamentos destrutivos dos investidores

1. Disponibilidade de informações

Se manter informado é importante, mas é preciso saber qual informação seguir ou não. Muitas vezes, os investidores são levados a investir em algo que, apenas naquele momento, teve um melhor rendimento achando que isso acontece com frequência.

Por exemplo, o ouro tende a se valorizar em momentos de crise. Isso é pontual, mas por conta de informações recorrentes sobre o assunto, muitas pessoas vão lá e investem nesse metal acreditando que também vão ganhar muito dinheiro mesmo depois de um certo tempo.

Para não se deixar levar, basta ir para os gráficos e estatísticas. Assim, fica difícil de se enganar com os investimentos.

2. Prova social

Tem muita gente postando na internet uma “prova” de que está ganhando muito dinheiro com um determinado investimento. Aí aparece outro e mais outro e daqui a pouco diversas pessoas estão postando nas redes sociais resultados iguais.

É claro que muita gente vai pensar que também pode ganhar com isso e entra na onda. Mas é preciso pesquisar muito antes e, se decidir investir, que seja por conta de dados e informações verídicas que coletou sobre o assunto e não por ter sido influenciado por algumas pessoas nas mídias sociais.

3. Efeito manada

Esse é muito parecido com o que acabamos de falar, mas aqui não precisa de prova social. Na verdade, você acaba escutando diversos amigos e conhecidos falando sobre um determinado investimento e você vai lá e investe também só porque todo mundo está fazendo isso.

É o que aconteceu, neste ano, por exemplo, com as ações. Muitas pessoas passaram a investir no mercado, mas para lidar com ações é preciso muito estudo e entender como você pode faturar bem no investimento. Aliás, pode ser que esse tipo de investimento nem esteja de acordo com o seu perfil de investidor, o que pode ser bem ruim.

4. Efeito posse

É o apego emocional que algumas pessoas têm com os investimentos. Por exemplo, digamos que você investiu em um Fundo Imobiliário, mas, depois de um tempo, percebeu que não foi uma boa ideia, mas está tão apegado a ele que se recusa a vender as suas cotas.

Com isso, corre um sério risco de perder ainda mais ou até mesmo tudo o que investiu só para não se desfazer do ativo.

5. Aversão à perda

Psicologicamente falando, o ser humano sofre mais por conta de uma perda do que fica feliz por causa dos ganhos. Isso vale para tudo, até mesmo para o mundo das finanças.

Vamos dar o exemplo novamente com as ações. Uma pessoa vai lá e compra X ações de uma determinada empresa e, assim que essas ações se valorizam, ele vende na primeira oportunidade mesmo tendo boas chances de ganhar mais. Prefere ganhar menos do que correr o risco de perder.

Quer saber quais são os outros dois comportamentos destrutivos que podem estar atrapalhando o seu sucesso nos investimentos? Então, assista ao vídeo na íntegra!