Convenhamos, nem todo mundo tem R$ 10 mil reais para começar a investir, aliás, boa parte das pessoas não têm esse dinheiro disponível para esse objetivo. Isso significa que você não possa se tornar um investidor? De jeito nenhum! É possível sim investir com muito menos do que isso. Sabe aqueles 200 reais que você tem guardado na poupança? Então, pode começar por ele.

Se você não faz ideia em que investir com esse dinheiro e em como fazer isso, então está no lugar certo. Eu vou te ensinar como investir bem com apenas R$ 200. Veja abaixo!

Passo 1: determine os seus objetivos

Você sabe quais são os seus objetivos de curto, médio e longo prazo? A ideia aqui é ter em mente por que você está investindo. Afinal de contas, investir simplesmente por investir não é uma boa ideia, pois, o mais provável, é que você pare de investir em pouco tempo. Por exemplo, se você está preocupado com a sua aposentadoria, pode investir no Tesouro IPCA. Dessa forma, terá um objetivo de longo prazo e um excelente motivo para investir.

Outra pergunta para se fazer é se você já tem a sua reserva de emergência. A reserva de emergência é um valor pelo qual você pode viver, pagando as suas contas, por um determinado tempo, caso fique sem emprego ou então, um imprevisto como contas médicas ou um problema no carro. Se você ainda não tem a reserva, então esse é um dos seus objetivos.

Passo 2: tenha prioridades

Agora que você já sabe quais são os seus objetivos e que, provavelmente, são muitos, é hora de escolher quais deles são a sua prioridade nesse momento. Por exemplo, digamos que você queira muito viajar nas férias esse ano e também queira mudar para uma casa maior. Fora isso, também precisa começar a fazer a sua reserva de emergência e investir para a aposentadoria, mas só tem R$ 200 que pode investir por mês em tudo isso. O que fazer?

Bom, certamente, se você não tiver prioridades, levará muitos anos para fazer cada uma dessas coisas guardando R$ 200 por mês. O que é mais importante nesse momento? Será que essa viagem para o exterior não pode ficar para quando você estiver melhor financeiramente? Essa mudança de casa não pode esperar? Reflita e pense no que é mais importante para você.

Passo 3: distribua o seu dinheiro

Agora que você já sabe quais são as suas prioridades, esse valor de R$ 200 precisa ser distribuído entre elas. Por exemplo, separe 40% desse valor, ou seja, R$ 80 para a sua reserva de emergência. Separe mais 20%, ou seja, R$ 40 todos os meses para investir na sua aposentadoria (sonho de longo prazo) e, os R$ 80 (sonho de médio prazo) que ficaram, pode ir para aquela viagem que você tanto quer. Vai levar mais tempo, mas a ideia é você juntar dinheiro ao mesmo tempo para todos os sonhos.

Além disso, com o passar dos meses, o valor que você recebe pode aumentar e você ainda conta com o décimo terceiro e as férias. Pode também utilizar esse dinheiro para alcançar os seus objetivos de forma mais rápida.

Lembrando que, a reserva de emergência deve estar em investimentos classificados como conservadores, afinal de contas, ela serve para te dar segurança. Por exemplo, o Tesouro Selic ou um CDB de liquidez diária que pague 100% do CDI, pelo menos, são opções excelentes para guardar a sua reserva de emergência.  

Não comece os seus investimentos sem conhecimento de causa. Portanto, assista à série de vídeos sobre investimentos lá no meu canal!