O seguro de vida é um tipo de produto que poucas pessoas compram, afinal de contas, a ideia da morte, por mais certa que seja, não é algo que se queira pensar. Porém, em momentos como este que estamos vivendo - pandemia do Coronavírus — muitas pessoas passaram a pensar melhor sobre a contratação dele.

A verdade é que pensar no seguro de vida não é necessariamente pensar na morte e também significa pensar nas pessoas que você ama e em como elas podem ficar sem recursos se você não estiver mais presente.

Para saber se adquirir um seguro de vida ou não é a melhor opção para este momento, então continue a leitura deste post até o final!

Qual a cobertura de um seguro de vida?

Ao contrário do que muitas pessoas pensam, um seguro de vida não é para ser utilizado apenas pelas pessoas que ficam depois da morte do segurado. Na verdade, existem vantagens que o segurado pode aproveitar. Por exemplo, casos de perda de emprego, invalidez, entre outros a depender do tipo de seguro contratado.

Só faz seguro de vida quem tem parentes dependentes?

Muitas vezes, o seguro de vida é feito pensando nos parentes e nas pessoas queridas que ficarão após a morte do segurado. Mas, ainda que você não tenha parentes que dependem economicamente da sua renda, fazer um seguro de vida pode ser uma ótima opção.

Quais os tipos de coberturas adicionais?

Assim como em um veículo você pode contar com coberturas adicionais como cobertura para parabrisa e outras peças, O mesmo acontece quando você contrata um seguro de vida.

Incapacidade temporária

Por exemplo, digamos que você tenha sofrido um acidente e está com incapacidade temporária para o trabalho. Nesse caso, você pode acionar o seguro de vida para que você receba as diárias pelo tempo que ficar sem trabalhar. É uma ótima solução, por exemplo, para profissionais autônomos como médicos: se eles não trabalham não recebem.

Doenças graves

Você pode receber dinheiro do seguro de vida no caso de doenças graves como cardiopatias, câncer e outros. Por exemplo, quem é diagnosticado com diabetes pode pedir ajuda para o seguro de vida no caso de isso impactar diretamente os ganhos. Um atleta, por exemplo, pode ter a sua performance alterada por conta disso.

Internação 

O seguro de vida também pode pagar por diárias de internação hospitalar. Isso em nada tem a ver com o que o seu plano de saúde pode oferecer, é uma situação a parte. Assim, para quem não tem plano, o valor das diárias pagas pelo seguro pode ajudá-lo a ter um pouco mais de conforto nesse momento.

Invalidez

Tanto nos casos de invalidez temporária quanto permanente, é possível contar com a ajuda do seguro de vida. Basta que, na hora de fazer a sua apólice isso seja adicionado ao seu contrato. Assim, se você vier a ficar inválido por qualquer motivo, pode receber a ajuda pelo seguro.

É importante entender que as apólices de seguro de vida não são iguais. Por isso, é bom ler e tirar todas as dúvidas sobre o produto que está contratando. Isso evita problemas para o caso de você precisar em uma situação de doença e não conseguir uma cobertura do seguro.

Se você está pensando em contratar um seguro de vida, veja as vantagens que o BTG Pactual pode oferecer!