Está endividado? Essa é uma realidade de vários brasileiros, de acordo com uma pesquisa feita pela Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor (PEIC), o número de famílias endividadas aumentou e atingiu, em fevereiro deste ano, quase 62%. Mas, assim como todas essas pessoas, você também quer sair da dívidas não é mesmo?

Mas existem algumas pessoas que estão endividadas e não conseguem sair dessa situação por mais que tentem. Provavelmente, você está fazendo algumas coisas que estão impedindo o seu sucesso e vamos identificar quais são elas agora. Confira!

Negativado x endividado: qual a diferença?

Esses são conceitos bastante confundidos. Todo mundo acha que as pessoas endividadas são aquelas que já passaram o prazo de pagamento das contas, mas não é bem assim. O endividado é aquela pessoa que tem dívidas, mas que estão controladas, que ele consegue cumprir com os compromissos. Mas aquela pessoa que tem dívidas e acaba criando aquela bola de neve, que atrasa as contas e está com o nome nos órgãos de proteção ao crédito, é uma pessoa negativada. 

E como sair das dívidas?

Pessoas que vivem endividadas, normalmente, seguem um padrão e não conseguem sair dele. Por isso, nunca conseguem respirar aliviadas e as chances de passarem de endividadas para negativas são muitas. 

Por exemplo, essas pessoas acreditam que a solução para o problema delas é ter mais dinheiro e, na grande maioria dos casos, não é. Então, vejamos abaixo quais são os principais erros que os endividados cometem!

Veja também o meu curso Dívidas Nunca Mais, um passo a passo para você se livrar das dívidas de uma vez por todas!

Não mudar o comportamento

Por que ter mais dinheiro pode não resolver o seu problema? De nada adianta ter mais se você não muda o comportamento. A desorganização financeira vai continuar e, normalmente, esse tipo de pessoa, quando tem mais dinheiro, também gasta mais, compra mais coisas. Por isso, primeiro é necessário mudar o comportamento. 

Só focar em eliminar dívidas

Você pode até achar estranho querer eliminar as dívidas ser um erro. Na verdade, só focar em pagar as dívidas é que está errado. É necessário construir uma reserva de emergência, investir no futuro para sua aposentadoria e assim por diante. Existem outras demandas que você precisa estabelecer como meta. Além disso, a pessoa já está tão acostumada a pagar dívidas que ela acaba de pagar o cartão de crédito e já faz uma nova compra. Afinal de contas, para essa pessoa, isso é perfeitamente normal. 

Outra coisa é ter em mente que o dinheiro é um meio para realizar os sonhos e que a vida não é só pagar boletos. É com o dinheiro que você vai fazer aquela viagem que sempre quis, ter a casa que sonhou e assim por diante.

Só prioriza as dívidas

Aqui estamos falando daquela pessoa que está tão ansiosa para eliminar as dívidas, que ela sai negociando tudo sem ao menos analisar o orçamento. Por exemplo, todo mês está sobrando R$ 300 no orçamento e ela negocia para pagar parcelas de R$ 300. O problema é que, além de não sobrar nada no final do mês, imprevistos podem acontecer. E o resultado? Ela terá que fazer uma nova dívida para cobrir esse imprevisto e o ciclo de endividamento nunca termina.

Quer saber quais são os outros erros dos endividados e assim, sair das dívidas com mais facilidade? Então, confira o vídeo na íntegra sobre o assunto!