Investir o seu dinheiro é o primeiro passo para a sua independência financeira e, para isso, você precisa encontrar qual é o meu lugar e o melhor tipo de aplicação. Para quem está começando ou tem um perfil conservador de investidor, os títulos do Tesouro Direto são recomendados. Dentre os títulos do Tesouro, temos o Tesouro Selic.

O Tesouro Selic é ideal para formar a reserva de emergência, já que possui liquidez diária (D +1) e rende mais do que a poupança. Outro tipo de Investimento ideal para formação da reserva que podemos encontrar é o Fundo Tesouro Selic Simples, que está disponível apenas pelo Banco BTG Pactual.

A pergunta é: qual é a melhor opção? Em qual investimento o meu dinheiro terá melhor rendimento? É sobre isso que falaremos abaixo. Acompanhe!

Como investir nesses títulos?

Bom, para investir no Tesouro Selic, primeiro você precisa se cadastrar em uma corretora ou banco de investimentos. Para ter acesso ao Fundo Selic Simples, precisa abrir uma conta no Banco BTG Pactual.

Outro passo para investir é ter conhecimento sobre esses dois investimentos. Só sabendo as características de cada um é que será possível tomar a melhor decisão. Vamos lá:



Fundo Tesouro Selic Simples

Tesouro Selic

Taxa de custódia da corretora

Não Paga

Depende da instituição pela qual investiu

Taxa de custódia da B3

Não Paga

0,25% a.a.

Liquidez

No mesmo dia, se o resgate for solicitado até 15:30 em dia útil

D + 1

Suspensão da negociação

Não acontece

Pode acontecer

Aplicação mínima

R$ 500 inicial, nas próximas aplicações, o valor mínimo é de acima de R$ 100

R$ 100,88 no dia 22/05, aplicação proporcional

Spread

O saldo é sempre positivo desde o primeiro dia

Rentabilidade negativa nos primeiros dias

IR

Cobrança de IOF, aplicação de tabela regressiva do IR e come-contas (antecipação do recolhimento do IR)

Cobrança de IOF e aplicação de tabela regressiva do IR

Bom, pela tabela, o placar ficou 4 para o Fundo Tesouro Selic Simples e 1 para o Tesouro Direto. Isso porque, mesmo com o come-cotas, ainda que seja no longo prazo, não afetará a rentabilidade do investimento. Por isso, vale sim mais a pena investir no Fundo. É claro que, diversificar os seus investimentos é sempre uma boa ideia.

Comece com pouco e vá observando o que acontece. Invista mais à medida que se sentir mais seguro e perceber que o seu dinheiro está tendo um bom rendimento.

Como você está investindo o seu dinheiro? Deixe a resposta aqui nos comentários!