Investimento

Tesouro Direto: primeiros passos para começar a investir

O Tesouro Direto é um programa do Tesouro Nacional em parceria com a nossa bolsa de valores, a B3. Ele permite que você compre títulos emitidos pelo governo por meio da internet. Só quem pode comprar esse título são pessoas físicas, ou seja, basta ter um CPF para fazer a compra.

Ao comprar um título do Tesouro Direto significa que você está emprestando dinheiro para o Governo e, em troca, ele vai te pagar o juros desse “empréstimo”.  Muito bom não é mesmo?

Quer saber mais sobre o Tesouro Direto e como começar a investir nos títulos federais? Então, confira o conteúdo na íntegra!

Por que investir no Tesouro Direto?

Há excelentes motivos para isso. O primeiro deles é que estamos falando dos títulos de renda fixo mais seguros do mercado, mais seguros até mesmo que a poupança. 

Isso significa que você só perde o seu dinheiro se o país for à falência, ou seja, você só perde o seu investimento se o Brasil quebrar. 

E, para isso acontecer, todas as empresas do país teriam ido à falência primeiro. Isso significa que, antes de perder o seu investimento no Tesouro Direto, perderá todos os outros. Isso só mostra o quanto ele é seguro, afinal de contas, seu dinheiro estará garantido pelo Tesouro Nacional.

Como saber se isso é seguro?

Você pode pesquisar sobre a situação financeira do país, sobre a situação da dívida pública, se está sendo paga ou não, entre outras informações. Se o Brasil for um bom pagador, significa que você tem grandes chances de ser pago.

Agora entenda que, quanto maior o risco maior será os juros a ser pago. Quando um investimento é muito seguro e o risco de calote é pequeno, os juros a serem pagos são menores.

Como começar a investir no Tesouro Direto?

Um investimento seguro assim todo mundo quer não é mesmo? E, se depois dessa explicação você se interessou pelo Tesouro Direto então, provavelmente, quer saber quais são os próximos passos.

Passo 1: tenha um CPF e conta corrente em um banco

Se você já cumpre esses requisitos, ótimo. Não se esqueça de analisar para saber se o seu CPF está ativo e funcionando normalmente. Isso pode ser verificado por meio do site da Receita Federal.

Se você ainda não tem conta corrente em um banco, hoje em dia você pode abrir uma sem sair de casa e sem pagar tarifa bancária..

Passo 2: escolha um agente de custódia

O que é esse tal agente de custódia? É uma pessoa que ficará responsável por intermediar as transações entre você (sua conta) e o Tesouro Direto. Um agente de custódia pode ser um banco ou uma corretora, ou seja, uma pessoa física.

Lembrando que a maioria dos bancos cobra por essa intermediação. Porém, no BTG Pactual você não paga nada por essa intermediação. Além disso, todas as transações podem ser feitas, exclusivamente pelo site do BTG, deixando tudo muito mais fácil.

Quer conferir quais são os próximos passos? Então, veja o vídeo que fiz explicando tudo e torne-se um investidor do Tesouro Direto!